Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
Padrasto é indiciado por tortura em caso de morte de bebê de 9 meses em SC
Polícia também entregou apuração sobre mãe da criança, uma adolescente de 17 anos. Bebê e irmão de 3 anos foram encontrados com sinais de maus-tratos na sexta. O padrasto da bebê de 9 meses que morreu em Xanxerê, no Oeste catarinense, foi indiciado nesta quarta-feira (19) pela Polícia Civil por tortura qualificada pelo resultado morte, informou o delegado responsável pelo caso, Daniel Fernandes. A mãe da criança, uma adolescente de 17 anos, vai responder por infração análoga ao crime de tortura. A bebê e o irmão, de 3 anos, foram encontrados na manhã de sexta-feira (14) com sinais de maus-tratos na casa onde moravam com os suspeitos, no bairro Vila Sésamo. Os bombeiros foram chamados ao local para atender a um caso de bebê com parada respiratória, mas, quando chegaram, a menina estava sem vida. O irmão dela foi levado ao hospital e ficou aos cuidados do Conselho Tutelar. Além do crime de tortura qualificada, o padrasto, que tem 23 anos, foi indiciado também por tortura no caso do menino de 3 anos. “Isso se verificou porque as crianças teriam passado por intenso sofrimento físico e mental. Caracteriza tortura”, afirmou o delegado. O suspeito foi preso na tarde de domingo (16) em Xanxerê. Ele se entregou, acompanhado de um advogado, sendo depois levado ao presídio regional. A mãe das crianças, por ser menor de idade, teve a internação provisória confirmada ainda na sexta. A jovem está no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), em Florianópolis, única unidade feminina no estado. Ela vai responder por infração análoga à tortura qualificada pelo resultado morte e tortura, esta última para o caso do menino de 3 anos. Indícios Os bombeiros que atenderam as crianças relataram ferimentos no corpo da menina, como hematomas, sinais de queimaduras nos pés, mãos e orelhas e afundamento do crânio com sinais de traumatismo cranioencefálico. O irmão dela também tinha indícios de maus-tratos e foi levado ao hospital. Depois do atendimento, os bombeiros chamaram a Polícia Militar e o Conselho Tutelar. A mãe foi levada à delegacia, onde foi ouvida pelo delegado. Segundo ele, durante o depoimento a adolescente assumiu em alguns momentos ter agredido os filhos, mas em outros, não. Veja mais notícias do estado no G1 SC
Thu, 20 Feb 2020 00:50:13 -0000
Caminhão carregado de combustível tomba e derrama óleo em rua de Santa Luzia

As ruas do bairro Nova Conquista foram interditadas pela Guarda Municipal, já que houve muito vazamento de líquido inflamável. Acidente aconteceu na noite desta quarta (19) Redes Sociais Um caminhão que carregava combustível capotou em Santa Luzia, na Grande BH, na noite desta quarta-feira (19). O acidente aconteceu na Rua 9, do bairro Nova Conquista. Segundo os bombeiros, cerca de 13 mil litros de óleo vazaram nas ruas, que foram fechadas pela Guarda Municipal. O líquido escorreu pelas ruas, e há informações de que pode ter caído na rede pluvial local. A Polícia Militar também auxilia na definição de um perímetro de segurança. Até o momento, o Corpo de Bombeiros não deu detalhes sobre a causa do acidente ou possíveis riscos para moradores. A Guarda Municipal fechou algumas ruas do bairro por conta do vazamento Redes Sociais
Thu, 20 Feb 2020 00:46:21 -0000
Bloco de carnaval homenageia cientista demitido do Inpe por Bolsonaro após polêmica

Ricardo Galvão ganhou um bonecão como homenagem. Ele foi exonerado após criticar o presidente Jair Bolsonaro, que acusou o órgão de mentir sobre os dados do desmatamento. Letra da marchinha também faz referência ao episódio: 'Se o Inpe fala pode acreditar'. Ricardo Galvão, ex-diretor do Inpe e eleito um dos cientistas de destaque em 2019 pela 'Nature', ao lado de bonecão feito em sua homenagem Wilson Araújo/ TV Vanguarda O bloco de carnaval Lá em Cuba, em Cuba Lá, tradicional em São José dos Campos (SP), levou para o desfile na noite desta quarta-feira (19) o episódio polêmico entre Ricardo Galvão, ex-diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), e o presidente Jair Bolsonaro, que terminou com a exoneração do físico. O grupo, formado por pesquisadores, trabalhadores e ex-funcionários do Inpe, criou um bonecão em homenagem a Galvão, que no fim do ano foi eleito pela revista "Nature" como um dos 10 cientistas que se destacaram em 2019. O homenageado esteve no evento, que concentrou em frente ao Parque Vicentina Aranha, e virou parada obrigatória para selfies de amigos e apoiadores. "Não podia esperar nunca [a homenagem]. Estou emocionado e isso mostra o apoio dos meus amigos e colegas do Inpe", disse Ricardo Galvão. Além do bonecão, a marchinha que embalou o grupo também fez referência direta ao episódio e ao desmatamento da Amazônia. A letra tem trechos como: "Se o Inpe fala pode acreditar" e "A alegria Acorda cedo/ Cuidado seu Jair/ Quem tem Nariz tem medo!" (veja letra completa abaixo). Amigos e admiradores fizeram fotos com Ricardo Galvão, ex-diretor do Inpe demitido por Bolsonaro, ao lado de bonecão feito em sua homenagem Wilson Araújo/ TV Vanguarda Polêmica Galvão, que ocupava o cargo desde 2016, foi exonerado em agosto de 2019 depois de rebater críticas do presidente Jair Bolsonaro aos dados do instituto, que indicavam alta no desmatamento na Amazônia. Bolsonaro disse, em julho, que os números divulgados que registravam um aumento de 88% nos alertas de desmatamento não coincidiam com a verdade, e que "parece até que [o presidente do Inpe] está a serviço de alguma ONG". Após a fala, Galvão saiu publicamente em defesa da pesquisa. Em entrevista ao G1 na época, disse que a postura do presidente era uma afronta à ciência e ao instituto e comparou as acusações a uma "piada de um garoto de 14 anos". Ele foi demitido em julho e a exoneração de Ricardo Galvão foi publicada no Diário Oficial em agosto. Confira a letra completa abaixo: “A Amazônia amanheceu pegando fogo Fogo , Fogo. Atiraram óleo, na Praia do Galvão De pelotinha , em pelotão..!” O Instituto Nacional de Pessoas Esquisitas - INPE! (Grito) Anda assustando a multidão Dizendo que Floresta morre Tem... Mentiroso de plantão! Dizendo que Floresta morre Tem... Mentiroso de plantão! Lá em Cuba Em Cuba Lá Lá em Cuba Em Cuba Lá Se o INPE fala pode acreditar Se o INPE fala pode acreditar Depois da chama Escuridão... Tem Boto cor de rosa Parecendo Tubarão... Não tem motivo Prá duvidar Ciência e Alegria Só no EMCUBALÁ! Ciência e Alegria Só no EMCUBALÁ! Lá em Cuba Em Cuba Lá Lá em Cuba Em Cuba Lá Se o INPE fala pode acreditar Se o INPE fala pode acreditar Não dá... não dá... Prá ser feliz Com fogo e ignorância EmCubaLá quem diz! Queima Bruno Pega Galileu “Atrás do EmCubaLá Só não vai quem já morreu!” A alegria Acorda cedo Cuidado seu Jair Quem tem Nariz tem medo! Lá em Cuba Em Cuba Lá Lá em Cuba Em Cuba Lá Se o INPE fala pode acreditar Se o INPE fala pode acreditar"
Thu, 20 Feb 2020 00:39:52 -0000
Prefeitura do Rio ficou quase um ano sem contrato de manutenção de monumentos
Período ocorreu entre junho de 2017 e maio de 2018. Município afirma que comparação em 'contrato com duração de dois anos é equivocada porque não retrata a realidade'. Rio de Janeiro fica quase um ano sem conservação de monumentos O Rio de Janeiro ficou quase 1 ano sem nenhum contrato de manutenção dos monumentos da cidade. E os gastos mensais no contrato atual são quase 20% menores que o anterior. É o que revela levantamento feito pelo gabinete da vereadora Teresa Bergher (PSDB) no Fincon, o sistema de acompanhamento orçamentário da Prefeitura do Rio, a pedido da GloboNews. A lacuna da falta de contrato foi entre junho de 2017 e maio de 2018. O contrato 2655/2011, da extinta Secretaria Municipal de Conservação, vigorou de 09 de setembro de 2011 a 9 de junho de 2017. O favorecido era a Senic Serviços de Engenharia, Indústria e Comércio Ltda. Nesse caso, a modalidade de licitação foi "tomada de preços" e o objeto do contrato era "prestação de serviços de conservação dos monumentos da cidade do Rio de Janeiro, em todas as APs" – ou seja, as Áreas de Planejamento da prefeitura. O valor contratado foi de R$ 5,7 milhões, e o valor liquidado foi de R$ 5,6 milhões. A média mensal de valor liquidado é de pouco mais de R$ 81 mil. Já o contrato 22/2018, da SMIH (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação) continua em vigor e o prazo de vigência é de 14 de maio de 2018 a 2 de maio de 2020. O favorecido é a BF Massunaga Engenharia Eireli. A modalidade de licitação foi tomada de preços e o objeto do contrato é "prestação de serviços de conservação dos monumentos da cidade do Rio de Janeiro". O valor contratado foi de R$ 1,5 milhão e, até agora, o valor liquidado foi de R$ 1,3 milhão. A média mensal do valor liquidado é de R$ 67 mil – queda de 17,5% em relação à média mensal do contrato anterior. Estátua furtada Apesar de a Prefeitura ter um contrato de conservação de monumentos em vigor, bandidos conseguiram furtar a estátua de D. Rosa Paulina da Fonseca, mãe do Marechal Deodoro, o primeiro presidente do Brasil. A estátua, de dois metros de altura e mais de 400 quilos em bronze foi arrancada do monumento em homenagem ao proclamador da República, em pleno Centro do Rio. O sumiço foi divulgado na noite de sábado, pelas redes sociais. O conjunto, inaugurado em 1937, guarda os restos mortais de Deodoro, e fica bem próximo da Praça Paris. "O que nós vemos é uma falta de interesse, uma falta de vontade política. Onde está a Guarda Municipal, que foi criada justamente para proteger os nossos monumentos e o patrimônio público?", questionou a vereadora Teresa Bergher (PSDB). A parlamentar afirmou que entrará com requerimento de informações junto à Prefeitura e, possivelmente, realizar uma Comissão Parlamentar de Inquérito. O que diz a prefeitura Em nota, a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Conservação disse que, de 2017 a 2019, foram furtados 19 monumentos da capital. A nota diz ainda que furtos e vandalismo são casos de segurança pública e devem ser investigados pela polícia. Segundo a nota, a Prefeitura do Rio de Janeiro cuida de 1.374 monumentos e chafarizes cidade. O trabalho de manutenção dessas obras inclui programas ligados à limpeza, reposições de peças e reparos elétricos ou hidráulicos. Sobre os 11 meses em que a cidade ficou sem contrato de manutenção de monumentos, a secretaria disse que "a menção aos gastos referentes a 2017 precisa levar em conta que no primeiro ano de cada governo, a dotação orçamentária disponível é aquela deixada pela gestão anterior". Sobre a queda de 17,5% na média de gastos mensais no atual contrato de conservação de monumentos em relação ao contrato anterior, a secretaria disse que "a comparação de valores mensais, pinçados de um contrato com duração de dois anos, é equivocada porque não retrata a realidade". "Os serviços dependem da demanda de cada monumento, o que não é passível programação e previsão (por exemplo: monumento depredado por eventos da natureza)", afirmou a pasta. Sobre os casos de furto e vandalismo de monumentos, a secretaria ressaltou que a reposição dessas peças, por furto ou vandalismo, não faz parte do contrato de manutenção. "Cada vez que um monumento é danificado ou vandalizado, é preciso elaborar um novo projeto com previsão orçamentária independente e programar os recursos para outras necessidades, como a própria manutenção da obra, o que, obrigatoriamente, requer a abertura de licitação", justificou a secretaria.
Thu, 20 Feb 2020 00:39:35 -0000
Tradicionais blocos de rua e Baile Municipal fazem carnaval de Ipojuca; veja programação completa

Programação tem início na quinta-feira (20) e conta com shows do Grupo Revelação, Pegada Light e Allejandro Swingado. Grupo Revelação se apresenta em trio elétrico do Bloco da Sucata, no Centro de Ipojuca, no Grade Recife, na sexta (21) Reprodução/Capa de disco Em Ipojuca, no Grande Recife, a tradição dos blocos de rua segue viva. Durante a festa de momo, as troças desfilam pelas ruas do Centro, área rural e praias. Entre as atrações estão o Grupo Revelação e a banda Pegada Light. A festa tem início nesta quinta-feira (20), com o Baile Municipal, que acontece no Clube Municipal de Ipojuca, no Centro, às 19h. A 13ª edição do Baile Municipal tem como tema “Do campo ao litoral: la ursa no Carnaval”. O ingresso deve ser adquirido na entrada, mediante a troca por 2 quilos de alimentos não perecíveis. O evento conta também com concursos de fantasias e a eleição do Rei e Rainha do carnaval 2020. Confira a programação completa do carnaval do Recife Veja a programação do carnaval de Olinda Por que a data do carnaval muda? Descubra como ela é calculada Carnaval é feriado? Tire dúvidas Na sexta-feira (21), o calunga Zé Pojuca desfila pelas ruas do Centro, a partir das 22h. No domingo (23), a partir das 13h, sobem no trio elétrico do Bloco da Sucata a banda Pedagda Light, Grupo Revelação e Allejandro Swuingado. Também desfilam As Galinhas do Porto, às 17h30, e As Virgens de Serrambi, às 18h. Segunda (24), às 16h, sai o Bloco Sapequinha, do Centro de Ipojuca. Na terça-feira, os foliões podem participar do Bloco do Cuscuz, às 14h, no Centro de Ipojuca; As Virgens da Usina, às 14h, em Ipojuca; e As Virgens de Camela, às 17h, em Camela. A festa é encerrada na quarta (26), com os desfiles do Bloco do Bacalhau Amigos da Vila do Estaleiro, no Centro de Ipojuca, às 10h; e do Bloco da Batatinha, em Porto de Galinhas, às 18h. Confira a programação completa Quinta-feira (20) 19h - Baile Municipal (Clube Municipal - Rua Subida do Clube, nº 07, Centro) Sexta-feira (21) 22h - Desfile do Zé Pojuca (Centro de Ipojuca) Domingo (23) 13h - Bloco da Sucata - Grupo Revelação, Pegada Light e Allejandro Swingado (Centro de Ipojuca) 17h30 - As Galinhas do Porto (Porto de Galinhas) 18h - As Virgens de Serrambi (Serrambi) Segunda-feira (24) 16h - Bloco Sapequinha (Centro de Ipojuca) Terça-feira (25) 14h - Bloco do Cuscuz (Centro de Ipojuca) 14h - As Virgens da Usina (Usina Ipojuca) 17h - As Virgens de Camela (Camela) Quarta-feira (26) 10h - Bloco do Bacalhau Amigos da Vila do Estaleiro (Centro de Ipojuca) 18h - Bloco de Batatinha (Porto de Galinhas) Initial plugin text
Thu, 20 Feb 2020 00:34:09 -0000
Aluna do Ifes que voltou da China passa por exames e coronavírus é descartado no ES

Uma turma do Ifes em Cachoeiro de Itapemirim teve as aulas suspensas nesta quarta-feira (19) por causa da suspeita, mas serão retomadas nesta quinta (20). Caso suspeito de Coronavírus de estudante do Ifes que voltou da China é descartado, no ES Uma turma do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado, teve as aulas suspensas nesta quarta-feira (19) por causa da suspeita de que uma estudante estivesse contaminada com coronavírus. A jovem voltou da China há pouco tempo, depois que a doença já havia começado a aparecer no país. O caso foi encaminhado à Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) que informou que a jovem passou por exames e garantiu que o resultado deu negativo para o coronavírus. A Superintendência Regional de Saúde de Cachoeiro de Itapemirim se reuniu com o Ifes e as aulas serão retomadas normalmente nesta quinta-feira (20). Entenda: Ciclo do novo coronavírus - transmissão e sintomas Aparecido Gonçalves/Arte G1 Veja o plantão de últimas notícias do G1 Espírito Santo
Thu, 20 Feb 2020 00:31:58 -0000
Suspeito de matar mulher a facadas em Hortolândia se entrega à polícia

José Aparecido Barissa, de 63 anos, compareceu à delegacia na companhia do advogado e foi encaminhado para a cadeia. Emilia de Oliveira foi morta na última sexta. Crime ocorreu na Rua Manoel Bandeira, no Jardim Amanda 2, em Hortolândia Marcio Silveira/ EPTV José Aparecido Barissa, de 63 anos, se entregou à Polícia Civil de Hortolândia (SP) nesta quarta-feira (19). Ele é suspeito de matar a mulher a golpes de faca após uma discussão entre o casal. O crime ocorreu na noite da última sexta-feira (14) e, desde então, o marido da vítima estava foragido. De acordo com o delegado Diego Bini, o suspeito se apresentou na companhia do advogado, e foi encaminhado para a cadeia pública de Santa Bárbara d'Oeste, uma vez que havia mandado de prisão temporária contra ele. O caso que terminou com a morte de Emilia de Oliveira, de 52 anos, foi registrado como feminicídio. De acordo com a Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, gritos da briga do casal chamaram a atenção dos vizinhos. Depois disso, o marido da vítima teria saído de casa andando pela rua, normalmente. Após o episódio, uma vizinha teria ido à casa oferecer ajuda e viu o corpo da mulher caído na área de entrada, com várias perfurações. "Eu escutei os gritos da minha vizinha, né? Ela pedindo pro marido não fizesse o que ele tava fazendo. E, no momento, eu achei que era só mais uma briga de casal, que eles tavam tendo", relatou Marcelo de Oliveira, vizinho do casal. O G1 não conseguiu localizar o defensor do suspeito para comentar a prisão. Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Thu, 20 Feb 2020 00:30:24 -0000
G1 transmite ao vivo desfiles de trios elétricos e faz cobertura em tempo real do carnaval de Salvador; confira programação

Transmissão começará na quinta-feira (20) e seguirá até terça-feira (25). Além dos desfiles dos trios, haverá informações sobre trânsito, fotos e vídeos exclusivos. Foliões curtem carnaval de Salvador no circuito Dodô (Barra-Ondina) Elias Dantas/Ag. Haack O G1 vai fazer a cobertura em tempo real do carnaval de Salvador e transmitirá em vídeo o desfile dos trios. Carnaval de Salvador: veja datas, circuitos, tema e tire dúvidas Veja todas as notícias sobre o carnaval de Salvador Além de imagens ao vivo direto dos circuitos, a cobertura terá reportagens, fotos e vídeos exclusivos, de diversos pontos da folia. Confira abaixo o esquema da programação: Quinta-feira (20) 17h: Cobertura em tempo real pelo G1, com panorama direto dos circuitos. 18h às 22h: Transmissão dos trios elétricos do circuito Dodô (Barra-Ondina). Sexta-feira (21) 15h: Cobertura em tempo real pelo G1, com panorama direto dos circuitos. 15h à 0h: Transmissão dos trios elétricos do circuito Dodô (Barra-Ondina). Sábado (22) 15h30: Cobertura em tempo real pelo G1, com panorama direto dos circuitos. 16h à 22h: Transmissão dos trios elétricos do circuito Dodô (Barra-Ondina). Domingo (23) 15h: Cobertura em tempo real pelo G1, com panorama direto dos circuitos. 16h à 0h: Transmissão dos trios elétricos do circuito Dodô (Barra-Ondina). Segunda-feira (24) 12h30: Cobertura em tempo real pelo G1, com panorama direto dos circuitos. 16h20 à 22h: Transmissão dos trios elétricos do circuito Dodô (Barra-Ondina). Terça-feira (25) 14h: Cobertura em tempo real pelo G1, com panorama direto dos circuitos. 16h20 à 22h: Transmissão dos trios elétricos do circuito Dodô (Barra-Ondina). Veja mais notícias do estado no G1 Bahia. Initial plugin text
Thu, 20 Feb 2020 00:29:39 -0000
Justiça determina que Equatorial Alagoas suspenda cortes de energia indevidos em Pilar, AL
Empresa deverá resolver reclamações de consumidores. Equatorial diz que não descumpre legislação. A Justiça determinou que a empresa Equatorial Alagoas suspenda cortes de energia realizados em desacordo com a legislação no município do Pilar. A pena por descumprimento é de R$ 50 mil por corte. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (19) pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL). Com a decisão, a empresa deverá resolver as reclamações dos usuários do serviço, comprovar a intimação prévia e escrita do consumidor para pagamento, que deu a oportunidade do usuário demonstrar a quitação das contas e que observou se os cortes não trariam prejuízos ao direito à vida, à saúde ou à dignidade humana. Por nota, a Equatorial Alagoas disse que não realiza cortes de energia nas sextas-feiras, sábados, domingos e vésperas de feriados, portanto, não descumpre a legislação (leia a nota na íntegra ao final do texto). O município do Pilar ingressou com uma ação civil pública na última segunda-feira (17) alegando que a empresa estava descumprindo a Lei Municipal n° 736 / 2019, que proíbe os cortes de energia elétrica, por motivo de atraso no pagamento das faturas, nas sextas-feiras, sábados, domingos e nas datas ou vésperas em que, por determinação civil ou religiosa, forem suspensos os serviços bancários. Na ação, o município de Pilar defendeu que a Equatorial Alagoas instalou contadores que aumentaram o valor das faturas e deixou de responder às reclamações dos consumidores e, que, os cortes nos dias proibidos por lei estavam gerando prejuízos econômicos. “O risco, no caso concreto, se verifica diante dos enormes prejuízos que diariamente estão sendo causados aos consumidores que, em sua maioria, mesmo sendo classificados como baixa renda, de forma desarrazoada e em desconformidade com a legislação, vem sendo privados do regular e essencial fornecimento de energia elétrica, o que, por consequência, viola diretamente o princípio constitucional da dignidade da pessoa humana”, diz um trecho da decisão. Nota da Equatorial Alagoas na íntegra Sobre a notícia veiculada a respeito da decisão judicial da Vara de Pilar/AL, bem como vídeo de autoria do Prefeito daquela cidade informando que estaria proibido os cortes de fornecimento de energia, mesmo em situação de inadimplência, a EQUATORIAL ENERGIA DISTRIBUIDORA ALAGOAS vem a público esclarecer o que segue: Em primeiro lugar, o vídeo do Prefeito de Pilar lamentavelmente distorce o teor da decisão judicial, pois induz a população a crer que a EQUATORIAL estaria impedida de cortar o fornecimento de energia em qualquer situação, ainda que em caso de inadimplência. Esclarecemos que referida decisão, proferida sem que a empresa fosse ouvida e pudesse se manifestar previamente, não impôs obrigação de não realizar cortes em função de inadimplemento, mas apenas impôs observância da Lei Municipal n.º 736/19 e Estadual n.º 8.233/20, o que já é cumprido por essa concessionária. Reafirmamos que esta empresa não realiza cortes de energia nas sextas-feiras, sábados, domingos e vésperas de feriados, portanto, não descumpre referida legislação como alegado na ação judicial, inclusive ressaltamos que não fora juntado aos autos qualquer prova que respalde tal alegação. Vale destacar que todo o procedimento de cobrança vem sendo conduzido pela Equatorial Alagoas de acordo com as regras e prazos definidos pela Resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL. Por fim, a EQUATORIAL informa que cumpre e respeita decisões judiciais, mas resguarda seu direito constitucional de recorrer, quando terá oportunidade de se manifestar judicialmente para esclarecer os fatos e demonstrar a absoluta improcedência da mencionada ação judicial. Assessoria de imprensa da Equatorial Alagoas Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Thu, 20 Feb 2020 00:27:02 -0000
VÍDEOS: JA 2ª Edição desta quarta-feira, 19 de fevereiro

Veja os vídeos do telejornal com as notícias do Tocantins. Veja os vídeos do telejornal com as notícias do Tocantins.
Thu, 20 Feb 2020 00:26:31 -0000

This page was created in: 0.01 seconds

Copyright 2020 Oscar WiFi

This website or its third-party tools use cookies, which are necessary to its functioning and required to achieve the purposes illustrated in the cookie policy. By closing this banner, scrolling this page, clicking a link or continuing to browse otherwise, you agree to the use of cookies. If you want to know more or withdraw your consent to all or some of the cookies, please refer our Cookie Policy More info